Elevação das Mamas (Mastopexia)
Elevação das mamas

As candidatas para esta cirurgia são mulheres que apresentam mamas com flacidez e aspecto de “caídas” ou tendo os mamilos apontando para baixo. Isto pode ser devido à perda de elasticidade da pele, provocada por mudanças de peso, gravidez, amamentação ou apenas pelo envelhecimento e a ação da gravidade.

Algumas mulheres preferem se submeter a esta cirurgia plástica antes de terem filhos, preferindo passar a sua vida adulta com as novas mamas e tratar quaisquer alterações no futuro. Esta cirurgia não interfere com a possibilidade de amamentar, pois os dutos de leite são deixados intactos.

O objetivo é elevar e remodelar as mamas caídas, retirando o excesso de pele e reposicionando os mamilos. O levantamento das mamas restabelecerá uma aparência mais jovem e sensual. Em alguns casos uma prótese de mama deve ser colocada para melhorar o resultado.

As incisões para o levantamento de mamas variam de acordo com três técnicas diferentes: o “T invertido” que usa uma incisão ao redor da aréola, uma no sulco abaixo da mama e uma terceira incisão vertical juntando as duas. A segunda é a técnica “vertical”, com uma incisão ao redor da aréola e outra vertical. A terceira é a técnica “periareolar”, que usa apenas uma incisão ao redor da aréola. A escolha da técnica apropriada varia de acordo com o tipo de mama e com a forma desejada.